Marketing Pessoal nas Redes Sociais

Hoje tudo acontece nas mídias sociais, está lá nossa festa de aniversário, o vestido novo, fotos da balada, as últimas viagens. Em geral postamos tudo, sem censura, de acordo com nosso momento. Utilizamos o Facebook, Linkedin, Instagram, Snapchat entre outros, sem qualquer preocupação, Isso é perigoso!

O risco não esta em usar as redes sociais, e sim a forma como ela é utilizada sem refletir, sem qualquer preocupação ou autocensura, sem filtro algum.

Podemos usar as redes sociais, como desejarmos, mas sem ingenuidade, vamos usar com prudência isso significa que não vamos postar no Facebook  as famosas fotos do fim da balada, meio bêbados, largados na rua, em situação comprometedora, devemos nos preservar mais.

Vamos escolher o que queremos que o mundo veja, o que o chefe possa ver, escolher imagens que transmitam coisas positivas para o RH da empresa, na qual esta pleiteando um emprego.

Tenha a certeza que, assim como os profissionais de RH das empresas, e os seus possíveis futuros chefes, irão passear pelo seu Facebook, Linkedin, os bandidos e pessoas mal intencionadas, que usam estas mídias, para escolherem as suas vitimas, também estão de olho, no que você compartilha.

Divirta-se, ria com seus amigos, compartilhe fotos de festas, do carro novo, seus momentos. Porém antes de qualquer publicação, pergunte a você: quem eu quero atingir?

E não estamos falando apenas de fotos pessoais, cuidado com a expressão de uma opinião, você pode ser rotulado, mal visto ou mal interpretado, não esqueça que você esta em uma rede social “pública”, principalmente os que conhecem pouco você serão os primeiros a julgar, apontar e deturpar a sua imagem. Soube de uma candidata excluída de um processo seletivo porque postou a frase ”Quanto mais eu conheço o ser humano, mais eu gosto dos animais”.

Cuide da sua imagem. Vivemos no mundo dos rótulos e das verdades instantâneas.

Use a mídia social a seu favor, seja amiga dela, faça com que ela transmita o que você deseja que seja visto e entendido. Lembre-se daquele velho ditado: “Prudência e caldo de galinha não faz mal a ninguém”.

E seja feliz!



2 Comentários

Deixe uma resposta